Receitinha Doula: Sugestão de receita para crianças de 3 a 6 anos

kibeinhame

Quibe de Inhame

 

Ingredientes:
½ xícara de trigo para quibe
6 inhames pequenos em cubos
½ cebola média picada
Manjericão e hortelã a gosto
1 tomate pequeno em rodelas
Sal à gosto
Margarina para untar

Modo de preparo:
Deixe o trigo de molho em água por 2 horas, escorra bem a água e reserve. Cozinhe os inhames e depois esprema-os com um garfo. Misture o trigo, a pasta de inhame, a cebola, o manjericão, a hortelã e tempere a gosto. Coloque em uma assadeira untada com margarina e decore com as rodelas de tomate. Leve ao forno médio por aproximadamente 20 minutos.

Rendimento: 4 porções

Panqueca de beterraba com recheio de legumes


Ingredientes da massa:

½ xícara (chá) beterraba ralada
½  xícara (chá) de farinha de trigo integral
1 ovo

½  xícara de leite
1 colher (café) sal à gosto

Ingredientes do recheio:
½  cenoura cozida
¼ maço de brócolis cozido

2 colheres de sobremesa de cream cheese
¼  cebola picada
orégano

Ingredientes do molho:
1 colher de sopa de óleo de soja
½ xícara de cebola picada
1 sache de molho de tomate (340g)
1 colher de chá de sal
ricota para polvilhar

Modo de preparo da massa:
Descasque e rale a beterraba. Coloque no liquidificador a farinha de trigo, os ovos, o leite e sal a gosto. Coloque a massa na frigideira com auxílio de uma concha e frite. Acrescente o recheio de sua preferência.

Modo de preparo do recheio:
Misture todos os ingredientes. Recheie as panquecas e enrole.

Modo de preparo do molho:
Em uma panela, esquente o óleo de soja, adicionando a cebola para refogar. Acrescente o molho de tomate e os temperos e deixe ferver, mexendo de vez em quando. Desligue e distribua sobre as panquecas.

Rendimento: 4 panquecas

Anúncios

Quando posso dar peixe para meu filho?

quando posso dar peixe

A Organização Mundial de Saúde recomenda que os bebês sejam amamentados exclusivamente até o sexto mês. Só após esse período, as nutricionistas e os pediatras indicam a introdução de alimentos sólidos, como frutas e papas salgadas. E o peixe pode fazer parte do cardápio do seu bebê já nessa fase.

Os benefícios desse alimento são muitos. Estudos mostram que os ácidos graxos ômega-3 (gordura poliinsaturada), encontrados principalmente no salmão e na sardinha, são importantes para o desenvolvimento do sistema nervoso central e da retina e na prevenção de doenças crônicas, como obesidade e hipertensão.

No caso de alergias é importante saber se os pais têm alergia, além disso a oferta a criança deve ser feita aos poucos. Isso porque, caso a criança apresente alguma reação, fica mais fácil identificar o que causou o problema. Com relação às espinhas, o ideal é escolher os peixes que têm poucas ou que não as tenham, como cação, linguado ou badejo. Se não for possível, deve-se retirá-las com cuidado e atenção, e sempre checar mais uma vez antes de oferecer ao bebê.

O principal cuidado, no entanto, vem antes de o peixe estar no prato da família – na hora da compra! Dê preferência para o pescado fresco, mais fácil de verificar a qualidade por meio do odor, textura e coloração. Observe se a carne está firme, brilhante e escorregadia; se os olhos estão brilhantes e protuberantes; e as brânquias úmidas e brilhantes, entre a cor de rosa e vermelho intenso. O peixe também deve estar conservado em meio a camadas de gelo.

Para quem prefere o peixe congelado ou congela o peixe fresco, é preciso atenção ao descongelar. Jamais o faça em temperatura ambiente, porque não é uniforme e pode gerar perda de qualidade, umidade e permitir o crescimento de micróbios. A recomendação é descongelar o pescado na geladeira, a 4 °C. E lembre-se: nunca congele novamente o peixe que foi descongelado. Após ter sido preparado, o alimento pode ser conservado na geladeira por até 24 horas.


Papa de peixe

Ingredientes
– 1 colher (sopa) de lentilha crua
– 400ml de água
– 35g de peixe ( pescada OU linguado)
– 1/3 de batata média descascada e picada
– 1 ½ colher (sopa) de cenoura descascada e picada
– 2 folhas de couve picadas
– ½ dente de alho picado
– 1 colher (café) de salsinha picada
– 1 colher (café) de azeite

O peixe, é uma boa fonte de ômega 3 e deve estar presente na rotina alimentar do bebê

Modo de preparo
Deixe a lentilha de molho de um dia para o outro em água. Dispense a água.Em uma panela de pressão, coloque as lentilhas e 400ml de água e leve para cozinhar. Quando pegar pressão, aguarde mais 20 minutos. Retire a pressão, abra a panela e adicione o peixe, a batata, a cenoura, a couve e o alho. Feche novamente a panela e volte para o fogo. Cozinhe na pressão por mais 20 minutos. Ao final do cozimento, adicione a salsinha picada, deixe no fogo por mais 1 minuto. Caso ainda tenha água na panela, deixe cozinhando até que essa evapore (não descarte água, pois ela contém muitos nutrientes importantes).

É importante que os ingredientes cozinhem até ficarem bem amolecidos, fáceis de amassar com o garfo.

Transfira o conteúdo da panela para um recipiente. Amasse bem os vegetais e desfie muito bem o peixe, tome cuidado e fique atenta pare retirar todos os espinhos do peixe. É importante que não fiquem pedaços dos alimentos, lembre-se que este é um dos primeiros contatos do bebê com alimentos diferentes do leite; a gengiva já realiza um processo parecido com a mastigação, mas a ausência de dentes não permite alimentos duros ou em pedaços.

Rendimento: 1 porção. Cada porção corresponde a 2/3 de xícara de chá da papinha.

Valor calórico por porção: 192 kcal.

Cólicas, Intestino “preso”, intestino “solto”, saiba o que causam?

1408728287750907

Você sabe quais alimentos  podem causar cólicas no seu bebê?

cebola, repolho, ovo, couve, couve-flor, feijão (principalmente o preto), grão de bico, ervilha,  leite de vaca integral e batata doce .

Dica: No caso do feijão não utilize a aguá do remolho e ao cozinhar coloque louro pois ele auxilia na digestão. O repolho e couve flor devem ser cozidos com a panela aberta.

Você sabe quais são os alimentos que  podem “prender” o intestino do seu bebê?

Batata, inhame, cará, pão, banana, maçã com casca, cenoura, farinha de trigo, amido de milho.

Caso o seu bebê esteja com diarreia é importante procurar um pediatra para investigar o por que mas vale a pena também  introduzir algumas receitas que podem auxiliar nesse caso.

Receitinha para ajudar nesse problema: Purê de maçã

Ingredientes:
1 maçã com casca
Água o suficiente para cobrir a maçã

Modo de fazer: coloque a maçã numa panela com água até que cubra e deixe em fogo baixo.Deixe até o ponto de começar a borbulhar e estore a casca. desligue deixe esfriar um pouco.retire a casca e com uma colher colha a poupa da maçã e coloque no prato.Não precisa colocar nada para adoçar. Sirva o bebê.

Você sabe quais são os alimentos que  podem “soltar” o intestino do seu bebê?

Abacate, abobora, ameixa, iogurte, agua, laranja, manga, óleo, pera, quiabo

Receitinha para funcionamento do Intestino:

Ingredientes:
– suco de uma laranja
– 1/4 mamão papaia passado na peneira
– 2 ameixas secas sem caroço
– 1/2 copo com água

Mode de fazer: Deixe as ameixas na água por algumas horas para que inchem e amoleçam bem.
Misture o suco de uma laranja a polpa de mamão amassada com garfo e por último
acrescente as ameixas bem amassadinhas.amasse tudo no garfo e sirva em colheradas ou como suco.evite liquidificador ou peneira para não perder as fibras.

Receitinhas Doula – Caldinho de Carne (a partir de 6 meses)

papinha doce de manga

Caldinho de Carne (a partir de 6 meses)

Ingredientes:

  • 100 gramas de carne magra ( musculo ou peito de frango)
  • 1/2 litro de água
  • 1 cenoura média
  • 1 batata média
  • 1 pedaço de salsão
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de azeite de oliva

Coloque a carne em uma panela com a água e leve ao fogo até ferver. Acrescente as verduras (descascadas, lavadas e cortadas em pedacinhos) e deixe cozinhar até amolecer. Tempere com sal e 1 colher de azeite de oliva. Deixe esfriar e bata tudo no liquidificador antes de servir.