Alimentos que não podem faltar na alimentação das grávidas!

alimentosquenaopodemfaltargravidas

Existem 3 tipos de alimentos que não podem faltar na alimentação das grávidas:

Carboidratos – Os carboidratos devem fazer parte das preparações das gestantes para aumentar a reserva energética afim de evitar que o corpo utilize as proteínas como energia. As melhores fontes são os pães e arroz integrais, pois possuem mais nutrientes, além das frutas.

Feijões, vegetais verdes escuros, carnes e vísceras – Os feijões e vegetais verdes escuros são boas fontes de ferro não Heme (ferro mais difícil de ser absorvido) para melhor absorção desse tipo de ferro é necessário o consumo de alimentos ricos em vitamina C (goiaba, acerola, laranja, tangerina, limonada, maracujá, caju) logo após as refeições. Já as carnes e visceras possuem muito boa fonte de ferro Heme (melhor absorvível) portanto deve ser aconselhado o consumo pelo menos 3 vezes na semana de carnes vermelhas, 2 vezes na semana de frango, 1 vez na semana viacera ou ovo,  1 vez na semana peixe.

Leite e derivados 
– Ricos em cálcio, o leite e seus derivados estão relacionados com a formação de ossos e dentes do bebê.  A ingestão recomendada para gestantes é de três a quatro copos de leite por dia (1000 mg) ou derivados.  Couve, agrião, mostarda, brócolis, sardinha em lata, feijão e produtos à base de soja, como tofu, também são ricos em cálcio.

Exemplo de cardápio

Prato principal

Arroz integral, feijão, ovos batidinhos com espinafre, isca de carne com molho de mostarda

Bebida

Suco de maracujá

Sobremesa

mamão

Purê de batata ( sem leite) lentilha,,fígado, couve refogada no alho Suco de  goiaba laranja
Macarrão, feijão manteija, filé de frango, brócolis  refogado no azeite Suco de laranja com beterraba tangerina
Anúncios

Qual a importância da nutrição e quais são os alimentos necessários para uma gestação saudável?

alimentaçãosaudavel

A gravidez é um momento especial em sua vida. Uma alimentação saudável é muito importante nesse período. Mulheres com uma alimentação adequada durante a gravidez têm menos complicações e dão a luz a bebês mais saudáveis. O popular “você deve comer por dois”, não quer dizer que você deva comer duas vezes mais a quantidade de alimentos, o que você come é agora duas vezes mais importante. O seu corpo precisa de alimentos nutritivos para você se manter saudável, ganhar a quantidade de peso e fornecer os nutrientes que seu filho necessita para crescer e se desenvolver de maneira adequada.

As proteínas, calorias, vitaminas e minerais são essenciais para o desenvolvimento de um bebê saudável. Se existe excesso ou falta desses nutrientes, o desenvolvimento das células não é perfeito e o bebê pode com baixo peso.

As células do bebê em desenvolvimento são feitas principalmente de proteínas, e as mudanças no corpo da mãe, particularmente a placenta, também necessitam delas. As melhores fontes de proteínas são as carnes, ovos e os leites e derivados.

Os carboidratos devem ser fontes primárias de calorias. Eles são convertidos rapidamente em energia. As gorduras também podem ser usadas como energia, mas os carboidratos e não as gorduras são necessárias para o sistema nervoso e cérebro de seu bebê. Os alimentos ricos em carboidratos, como as frutas e os amidos (pães, cereais, grãos, batatas e outros) são combustíveis da vida.

piramidegravida

Orientações Nutricionais para sinais e sintomas digestivos durante a gestação.

desmaio

Vimos nas semanas anteriores que são muito comuns as náuseas e vômitos no primeiro trimestre. A sensação de fraqueza e possíveis desmaios também podem acontecer, portanto se faz necessário algumas orientações:

Evite o jejum prolongado e intervalos grandes entre as refeições, visando prevenir a hipoglicemia (glicose baixa) e hipotensão (pressão baixa).

Mantenha as refeições fracionadas (5 a 6 refeições de 3 em 3 horas).

Caso não seja hipertensa, utilize a quantidade de sal adequada.

Quais são as causas da deficiência de ferro e fatores predisponentes para seu desenvolvimento?

177016904

Na Gestação

Alimentação Inadequada

Não uso de suplemento de Ferro

Complicações nutricionais

 

Parasitoses

Parto e nascimento

Clampeamento precoce do cordão umbilical

Ausência de aleitamento materno na primeira hora de vida

 

Nos Primeiros 6 meses de vida

Ausencia de aleitamento materno até o 6 mês de vida

Introdução precoce de alimentos e outros leites

Parasitose

 

A partir de 6 meses

Elevada necessidade de Ferro

Alimentação complementar inadequada

Baixa ingestão de ferro Heme

Não uso de suplemento de ferro

Parasitose

Fonte: Ministério da Saúde, 2013.